Resenha: “Boa noite a todos”, de Edney Silvestre

Em "Boa noite a todos" (2014), o escritor, apresentador e jornalista Edney Silvestre (Valença, Rio de Janeiro, 27/04/1950) conseguiu encontrar um ponto de intersecção importante, onde todos somos iguais, sujeitos despidos de vestes (literalmente), convenções, dinheiro e poder. Nada material importa. O autor resgatou o Humanismo, colocou o ser humano sozinho no palco, na sua essência original, … Continuar lendo Resenha: “Boa noite a todos”, de Edney Silvestre

Resenha: Balada da infância perdida, de Antônio Torres

O meu pai não veio e não virá jamais. Odeia todas as cidades, sem distinção de tamanho, situação geográfica, renda 'per capita' ou densidade populacional. Diz que são invenções do diabo. Elas roubaram todos os seus filhos. (p.7) Ler Antônio Torres é ler o insondável. Encontrei alguns elementos surpreendentes nessa narrativa do grande mestre Antônio … Continuar lendo Resenha: Balada da infância perdida, de Antônio Torres

Resenha: Meninos, eu conto, de Antônio Torres

"Meninos, eu conto" está "classificado" como literatura infanto- juvenil, mas é adequado para todas as idades. E atenção, professores: altamente recomendado para ler na escola! Antônio Torres (Sátiro Dias, antigo Junco, Bahia, 13-09-1940)  é um mestre do romance, mas aventurou- se também pelo conto e saiu com essas três histórias: Segundo Nego de Roseno, Por um … Continuar lendo Resenha: Meninos, eu conto, de Antônio Torres