"Você vai voltar ao Brasil?"

Esta é uma das perguntas mais recorrentes: "você vai voltar ao Brasil?". Confesso: durante muitos anos não fui uma imigrante convicta. Todos os dias pensava em voltar, vivia mergulhada em uma incômoda melancolia, que fazia com que eu não acabasse de aterrissar na Espanha. Percebi que me boicotava inconscientemente. Fazia coisas que me impediam de … Continuar lendo "Você vai voltar ao Brasil?"

Como eu vim parar na Espanha

Eu nunca pretendi sair do Brasil, mesmo com um pai estrangeiro. Depois do acidente (1996), o medo de viajar, ainda que de carro ou ônibus, impediam- me de conhecer o meu próprio país. Viagem internacional era impensável! No entanto, tudo mudou inesperadamente. Eu não acreditava em destino. Hoje, acredito que é impossível fugir do que … Continuar lendo Como eu vim parar na Espanha

Resenha: “O Buda dos subúrbios”, de Hanif Kureishi

Um dos melhores livros lidos este ano: "O Buda dos subúrbios", obra clássica contemporânea do inglês Hanif Kureishi. Eu já li outros dois livros do autor "A última palavra" e "Intimidade", sugiro que você coloque este autor na sua lista de leituras, ele é MUITO bom! Eu tive a oportunidade de estar pessoalmente com Hanif … Continuar lendo Resenha: “O Buda dos subúrbios”, de Hanif Kureishi

“A expulsão do diferente”, do filósofo Byung- Chul Han

O filósofo sul-coreano Byung- Chul Han (Seul, 1959), foi um grato descobrimento. O autor fala sobre problemas dos nossos dias e eu acabei fazendo uma reflexão sobre alguns deles. Ele começa dizendo em "La expulsión de lo distinto" ("A expulsão do diferente"), que "o corpo social" está doente. A padronização de condutas e comportamentos está orquestrada … Continuar lendo “A expulsão do diferente”, do filósofo Byung- Chul Han

Resenha: “Tartufo”, de Molière

Você sabe o motivo da cor amarela ser considerada de má sorte para os atores? Continue lendo para descobrir! Literatura clássica francesa. Livros seculares como "Tartufo", do parisino Molière, emocionam- me muito! Uma obra assim você não pode deixar de colocar na sua lista de leituras. Ela representa com perfeição arquétipos sociais, como a hipocrisia, … Continuar lendo Resenha: “Tartufo”, de Molière

Escritores e o fascismo: quando pensar mata

Para os desavisados: literatura tem TUDO a ver com política! Já se fala até em proibição de livros. Escritores, jornalistas, estudantes e artistas sempre foram vítimas diretas da ditadura no Brasil e nos governos fascistas pelo mundo, ao contrário do que declarou o candidato à República brasileira que, "nas ditaduras só desapareceram bandidos". Mesmo os … Continuar lendo Escritores e o fascismo: quando pensar mata

Os Natais de Fernando Pessoa

A ceia de Natal em Portugal chama- se "consoada", de "consolar". O prato principal, normalmente, é o bacalhau com ovos e couves regado com muito azeite de oliva. De sobremesa, o bolo rei e as rabanadas. Apesar dessa data ser feliz para muita gente por causa das reuniões familiares, dos comes e bebes, além da … Continuar lendo Os Natais de Fernando Pessoa