Resenha: “O Buda dos subúrbios”, de Hanif Kureishi

Um dos melhores livros lidos este ano: "O Buda dos subúrbios", obra clássica contemporânea do inglês Hanif Kureishi. Eu já li outros dois livros do autor "A última palavra" e "Intimidade", sugiro que você coloque este autor na sua lista de leituras, ele é MUITO bom! Eu tive a oportunidade de estar pessoalmente com Hanif … Continuar lendo Resenha: “O Buda dos subúrbios”, de Hanif Kureishi

Resenha: “Uma furtiva lágrima”, de Nélida Piñón

Este é um dos melhores livros escritos em português. "Uma furtiva lágrima", de Nélida Piñón é comparável ao "Livro do desassossego", de Fernando Pessoa. Narrar é prova de amor. O amor cobra declarações, testemunho do que sente. Fala da desesperada medida humana. Como amar sem os vizinhos saberem? Sem tornar pública a paixão que alberga os … Continuar lendo Resenha: “Uma furtiva lágrima”, de Nélida Piñón

Como ter uma memória de elefante

"Os elefantes nunca esquecem quando foram maltratados por alguém, nem esquecem o cheiro da roupa da tribo que os atacou anteriormente, são capazes de distinguir o chamado de mais de cem indivíduos diferentes e de recordar rotas concretas que os levem às mais diversas fontes de alimento e água" Tudo começa pelo pensamento. Um pensamento … Continuar lendo Como ter uma memória de elefante

Resenha: “Ciranda de pedra”, de Lygia Fagundes Telles

Tenho uma leve lembrança da novela "Ciranda de Pedra", que passou na minha infância (1981), mas nada significativo em relação ao enredo, só lembro do rosto de Lucélia Santos; portanto, essa obra era como uma desconhecida para mim. Sei que a novela da Globo foi um tremendo sucesso, foi reprisada e ganhou um remake em … Continuar lendo Resenha: “Ciranda de pedra”, de Lygia Fagundes Telles

Era bruxa Clarice Lispector?

Um livro curioso me chamou bastante atenção e quero compartilhar com vocês: O segredo de Clarice Lispector, de Marcus Deminco. Sinopse: A verdade sobre Clarice Lispector que ninguém jamais contou. Mas afinal, por que a autora era conhecida como A Grande Bruxa da Literatura Brasileira? Que espécie de vínculo Clarice teria estabelecido com o universo … Continuar lendo Era bruxa Clarice Lispector?

Resenha: “Fahrenheit 451”, de Ray Bradbury

451° Fahrenheit: a temperatura que o papel dos livros se inflama e queima. (epígrafe)   O americano Ray Bradbury (1920- 2012) foi romancista, contista, ensaísta, dramaturgo e roteirista, publicou "Fahrenheit 451" em 1953, livro considerado a sua obra- prima. Ray casou- se em 1947 com "Maggie" (Marguerite, falecida em 2003), o casal morava em Los … Continuar lendo Resenha: “Fahrenheit 451”, de Ray Bradbury

Como inspirar pessoas que não gostam de ler

Conviver com pessoas que não gostam de ler pode ser um incômodo e provocar um conflito de interesses. O ideal é trazê- las para "o lado da luz". Além do desafio, pode ser uma tarefa árdua inspirá- las a gostar de livros e de leitura, escolher o livro adequado pode provocar efeitos muito positivos. Pensando nisso, trago duas listas com obras que … Continuar lendo Como inspirar pessoas que não gostam de ler