“A insustentável leveza do ser”, Milan Kundera

Considerado um dos melhores romances do século XX,   A insustentável leveza do ser mistura amor, sexo, política, história, tragédia, ambientados em Praga e Zurique em plena Segunda Guerra Mundial. Tudo isso contado de duas maneiras: um narrador- observador e um narrador- personagem,  duas perspectivas dos mesmos fatos sentidos de forma diferente. Milan Kundera é checo … Continuar lendo “A insustentável leveza do ser”, Milan Kundera

Resenha: “Navegações”, de Sophia de Mello Breyner Andresen

Com esse nome extenso e multicultural, Sophia pertenceu à aristocracia portuense e foi uma das poetisas mais importantes do século XX, além de tradutora e política socialista. Nasceu no Porto, neta de um dinamarquês que imigrou para essa cidade.  Seu tio comprou a "Quinta de Campo Alegre", hoje o Jardim Botânico do Porto, ambiente onde … Continuar lendo Resenha: “Navegações”, de Sophia de Mello Breyner Andresen

Resenha: “Estórias de conversa”, Manuel Rui

Um livro para conhecer a cultura e língua angolana. Podem existir dificuldades de entendimento, apesar do pequeno dicionário português- angolano no final do livro. Palavras da língua "umbumdu": "kambuta" (pessoa de baixa estatura), "jinguba" (amendoim), "chanfu" (maluco), "uafa" (morreu, acabou), "maculo"(lombriga), "calundu" (espírito), "bodó" (festa, casamento), "candongueiro" (taxista) e muitas outras. A obra é composta … Continuar lendo Resenha: “Estórias de conversa”, Manuel Rui